segunda-feira, Outubro 02, 2006

Poder ideológico


Norberto Bobbio identifica o poder numa acepção tripartida quanto à sua origem e natureza: o poder político, o poder económico e o poder ideológico

Por poder entende-se uma relação de domínio estabelecida entre dois ou mais sujeitos. X será subalterno em relação a Y, se X reconhecer livremente, se for coagido a reconhece-lo ou for persuadido a reconhecer, que Y pode alterar o seu comportamento.
Norberto Bobbio define assim o poder como “a capacidade que um sujeito tem de influenciar, condicionar, determinar o comportamento de um outro sujeito.” (Bobbio, 1999: p.216).
O poder dos meios de comunicação seria então o poder ideológico que “se vale da posse de certas formas de saber inacessíveis aos demais, de doutrinas, de conhecimentos, até mesmo apenas de informações, ou então de códigos de conduta, para exercer uma influência sobre o comportamento de outrem e induzir os componentes do grupo a agir de um determinado modo e não de outro.”(Bobbio, 1999: p.221).

Sem comentários: